NEI LISBOA

em casa e (ao) vivo

Há um mês e meio, quando esta página estreou, já trazia no nome o duplo sentido de notificar que se está sobrevivendo à pandemia e de que alguma live caseira, a tão famigerada febre do momento, eventualmente aconteceria neste espaço. A hora chegou, e a primeira sessão oficial está marcada para a quinta-feira dia 7 de maio, a partir de 17h, transmitida de forma simultânea aqui e no canal youtube.com/neilisboatv.


A ideia é levar ao ar menos que um show e mais que uma apresentação, com um apanhado de músicas no formato voz e violão sendo intercalado também por algum papo, traçando assuntos e imagens destes insólitos tempos que vivemos. Um programete, digamos, com duração de 40 a 50 minutos a se repetir todas as quintas, para que não se esgote em uma única maratona musical e nem esgote a paciência do ouvinte com a monotonia que as lives confinadas podem às vezes transmitir. Confira e diga pra gente o que está achando, nesta tarde de quinta-feira lá no chat do youtube.





* * *



Se me contassem, cinco ou seis anos atrás, qual o futuro que nos aguardava em 2020 no Brasil, eu daria boas gargalhadas. Muito boa, conta outra, coisa e tal. O que estamos vivendo era inimaginável até há pouco tempo e continua tangenciando o plano da fantasia. Não se pode crer que um presidente seja, faça e diga o que o Bolsonaro é, faz e cospe impunemente. Não veio deste planeta a fauna de asnos, canalhas, milicos e milicianos instalada nos ministérios, decidindo sobre nossa vida ou morte em meio a uma pandemia. Não é verdade que um país inteiro se deixe ofender, humilhar e ordenar calar a boca sem reagir. Não é possível que STF, Congresso, OAB, ABI, OMS, o Papa e o resto do mundo se resumam a emitir notas de repúdio em série com as quais, alguém já bem disse, o Bolsonaro limpa a bunda e segue adiante. E não é sério que o futuro aponte Moro ou Mourão como alternativas, haha. Bem capaz.


Agora, o que se ouve de boas fontes jornalísticas, o que se garimpa de cada aparição presidencial, o que se avista como a reação do universo bolsonarista à ameaça de um impeachment é de outra ordem do surreal: pelotões de seguidores em treinamento e ordem unida, o assecla Jefferson falando em “tirar o revólver da gaveta e limpar o cano”, um pastor garantindo que a PM e Civil serão parceiras e o próprio presidente, com duas portarias em sequencia, aumentando em 12 vezes a quantidade de munição acessível à população civil. Uma milícia fascista em escala, que pode se valer também de baixas patentes do exército e suplantar qualquer obstáculo de defesa constitucional, se é que algum surgiria, para manter-se no poder à força e de modo absoluto.


Mas conto outra, se quiserem, muito boa essa né, kkk.

assista

 

colabore

Sobre a campanha

Para os que quiserem colaborar com o site e a subsistência dos autores durante o confinamento da covid-19, abrimos duas modalidades de colaboração. A primeira, através de um QR Code do PicPay – a moeda corrente das lives –, pode ser usada para contribuição de qualquer valor com um cartão de crédito:

77091d8f-bd2c-4bd8-abd9-4e2f37b56eeb.jpg

a

A segunda forma de contribuição é através do PIX: contato@neilisboa.com.br

O site, o blog e as lives estarão sempre abertos a todos sem cobrança alguma, feitos com grande prazer e obviamente também com algum custo e muito trabalho. Toda contribuição é bem-vinda e igualmente agradecida de coração.